Andrés Sanchez defende Jô e ironiza Euriquinho

[dfads params=’groups=587′]

Andrés defendeu o atacante Jô (Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados)

[dfads params=’groups=258′]
Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians, não deixou de comentar o gol de mão anotado pelo atacante Jô, diante do Vasco. Através das suas redes sociais, o deputado federal condenou as críticas excessivas ao jogador.

[dfads params=’groups=588′]
[dfads params=’groups=1322′]

“É um absurdo o que estão fazendo com o Corinthians. Já fomos prejudicados e beneficiados. São erros que acontecem. O que não pode é esculachar um menino do bem como o Jô”, disse.

“É óbvio que ele se jogou na bola e pegou na mão, mas é um erro do árbitro como tantos outros. A vida é feita de acertos e erros. É que os antis não aguentam”, complementou.
[dfads params=’groups=587′]
[dfads params=’groups=1322′]
O ex-dirigente corintiano ainda não deixou de alfinetar o vice-presidente de futebol do Vasco, Eurico Brandão, o Euriquinho, que falou que a taça tem que ser dada logo ao Timão.

“Ele realmente tem que dar a taça para o Corinthians. Tem o segundo melhor ataque, melhor defesa, melhor campanha da história do Campeonato Brasileiro. Tem que dar a taça mesmo, porque é o melhor time do campeonato”, concluiu.
[dfads params=’groups=587′]
De acordo com o jornalista Jorge Nicola, da Rádio BandeirantesAndrés Sanchez está em campanha para a próxima eleição do Timão. O ex-dirigente tem o objetivo de retornar à presidência do clube.

Fonte: Band.com
[dfads params=’groups=588′]
[dfads params=’groups=1322′]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *