Bombas, confusão e gás de pimenta: derrota do Vasco gera o caos em São Januário

[dfads params=’groups=587′]

A confusão tomou conta de São Januário após o apito final de Anderson Daronco. A vitória por 1 a 0 do Flamengo diante do Vasco deu início a um confronto entre torcedores e policiais. O estádio foi palco de uma batalha campal, com direito a bombas arremessadas, gás de pimenta, correria para todos os lados, feridos e detidos.

Os protestos começaram com vaias, que ganharam mais força após a saída dos jogadores do Vasco do gramado. A partir daí, muitos torcedores subiram na proteção de acrílico que separa as arquibancadas do campo, jogaram bombas contra os policiais e impediram a saída dos jogadores do Flamengo e profissionais da imprensa.

A resposta dos 220 policiais destinados para segurança do jogo foi com gás de pimenta e bombas de efeito moral em direção das arquibancadas. Muitas pessoas, tentando se proteger da confusão, invadiram os camarotes de São Januário. Os demais continuaram arremessando objetos.

[dfads params=’groups=588′]

De acordo com Marcelo Viana, diretor de competição da Ferj e delegado da partida, o número de oficiais para este sábado foi o mesmo de outros eventos realizados no estádio. A diferença, segundo ele, foi a reação dos torcedores do Vasco.

[dfads params=’groups=587′]

– O número de policias empregados é o mesmo de todas as outras partidas que foram realizadas em São Januário, dos clássicos no Maracanã. Era muita gente querendo brigar. Essas bombas são difíceis de serem detectadas nas revistas. Os torcedores escondem com facilidade, são pequenas. O policial na hora da revista, com muita gente chegando em cima da hora, não consegue detectar. O que aconteceu de negativo foram essas bombas no gramado. De resto, foi mais correria. Foi uma reação da torcida do Vasco que a gente não esperava – afirmou Marcelo Viana, diretor de competições da Ferj e delegado da partida.

[dfads params=’groups=588′]

Policiais entraram em conflito com torcedores em São Januário (Foto: André Durão)Policiais entraram em conflito com torcedores em São Januário (Foto: André Durão)

Policiais entraram em conflito com torcedores em São Januário (Foto: André Durão)

A torcida do Flamengo foi isolada na arquibancada. A confusão continuou no interior de São Januário e foi para o entorno do estádio. Segundo o delegado, a confusão não passará impune. Porém, o momento é de aguardar as medidas que serão tomadas pela CBF.

– Por parte da federação é encaminhar os documentos, não temos muito o que fazer. É esperar as próximas horas para ver se a CBF toma medida ou se encaminhar tudo que ocorreu para o STJD. Temos que torcer para que as coisas se acalmem, os torcedores consigam ir para suas casas com a saúde intacta. É aguardar para ver as medidas que serão tomadas. Alguma coisa acontecerá, porque as imagens dizem tudo. Mas não dá para precisar o que vai acontecer nesse momento.

[dfads params=’groups=588′]
Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *