Breno chega ao 10º jogo seguido e se anima com início no Vasco: “Sei meu potencial”

[dfads params=’groups=587′]

Quando Breno foi contratado pelo Vasco, a principal dúvida era sobre a possibilidade de o zagueiro ter condições físicas de alcançar uma boa sequência de jogos sem ter uma lesão. Até agora, ele passou no teste. Neste domingo, contra o Coritiba, na Vila Capanema, o jogador vai para sua décima partida em cinco semanas (nove como titular), um panorama bem diferente dos últimos anos de sua carreira.

Ao lado de Jean, Breno sorri durante treino do Vasco (Foto: Paulo Fernandes / Vasco)Ao lado de Jean, Breno sorri durante treino do Vasco (Foto: Paulo Fernandes / Vasco)

Ao lado de Jean, Breno sorri durante treino do Vasco (Foto: Paulo Fernandes / Vasco)

[dfads params=’groups=588′]

Desde que voltou ao Brasil, em 2015, para defender o São Paulo após as passagens pelo Bayern de Munique e Nuremberg, Breno havia feito apenas 13 partidas oficiais até acertar com o Vasco. Número que ele está perto de igualar em muito pouco tempo vestindo a camisa cruz-maltina.

– Estou muito contente. Agradeço muito a Deus. Se juntar, nos últimos anos não dá o número de jogos que fiz em um mês no Vasco. Tenho que trabalhar a cada dia para melhorar, sei do meu potencial. No dia a dia que vou conseguir meus objetivos – afirmou o zagueiro.

Número de jogos de Breno antes de chegar ao Vasco: no Cruz-Maltino, já são nove (Foto: GloboEsporte.com)Número de jogos de Breno antes de chegar ao Vasco: no Cruz-Maltino, já são nove (Foto: GloboEsporte.com)

Número de jogos de Breno antes de chegar ao Vasco: no Cruz-Maltino, já são nove (Foto: GloboEsporte.com)

[dfads params=’groups=587′]

Mas também há motivos para alerta. O sistema defensivo do Vasco é o mais vazado do Brasileiro até aqui com 20 gols sofridos em 11 rodadas. Breno, no entanto, acredita que a responsabilidade tem que ser dividida com toda a equipe desde o ataque. Ele lembrou que, embora os números defensivos não estejam bons, o Vasco está em sexto lugar, na zona de classificação para Libertadores.

– Sempre que o time leva gol, a culpa é colocada nos zagueiros e goleiro. Penso de outra maneira. A defesa é o time todo. Estamos com a defesa mais vazada, mas em sexto lugar. Prefiro assim, com vaga na Libertadores. Mas é claro que temos que melhorar muito, e estamos trabalhando para corrigir isso – disse.

[dfads params=’groups=588′]

Breno vive boa sequência de jogos no Vasco (Foto: Paulo Fernandes / Vasco)Breno vive boa sequência de jogos no Vasco (Foto: Paulo Fernandes / Vasco)

Breno vive boa sequência de jogos no Vasco (Foto: Paulo Fernandes / Vasco)

Para se manter bem na disputa pela vaga na Libertadores, a equipe terá que melhorar seu desempenho fora de casa. Até agora, nenhum ponto conquistado.

– Nosso time está tranquilo. Todos sabemos que precisamos mostrar mais fora de casa, ter um pouco mais de determinação, atenção para somarmos os pontos. O time do Coritiba é muito forte, vamos entrar com toda a atenção para conseguirmos uma vitória – finalizou Breno.

Com 15 pontos em dez jogos, o Vasco é o sexto colocado do Brasileiro. Contra o Coxa, a única ausência será do capitão Luis Fabiano, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Fonte: Globo esporte

[dfads params=’groups=588′]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *