Contra o Fluminense no último sábado, São Januário registrou melhor público dos últimos 5 anos no Brasileiro

[dfads params=’groups=587′]

Começar o Brasileiro com duas vitórias em São Januário não chega a ser novidade para o Vasco. Mas ver o estádio lotado havia virado algo raro. Este ano, porém, em vez de se abater com a goleada para o Palmeiras, na estreia, fora de casa, os torcedores ajudaram o time a dar a volta por cima nos dois jogos seguintes. Mobilização que deixou o técnico Milton Mendes otimista.
[dfads params=’groups=588′]
— Fazendo isso sempre nós seremos muito fortes aqui dentro — elogiou o técnico, após a vitória sobre o Fluminense por 3 a 2, de virada, no sábado:

— Vocês viram que o nosso jogador foi buscar força. Quando estava 2 a 1 (para o Flu), eles (torcedores) ficaram apreensivos. Mas é normal. Daí tivemos um lance com o Manga que a torcida apoiou novamente. E saiu o gol. O casamento é perfeito, a torcida é perfeita e queremos que ela venha nos apoiar sempre.
[dfads params=’groups=587′]
Mendes tem motivo para tanta empolgação. Em cinco anos, o Caldeirão nunca ferveu tanto quanto agora. Em 2012, São Januário só registrou 8.335 pagantes nos dois primeiros jogos do time no estádio pelo Brasileiro. No ano seguinte, o número subiu para 9.830. Após começar com portões fechados (por conta de uma punição) em 2014, o estádio recebeu 11.148 no início de 2015 e 12.217 na Série B do ano passado. Nada que se compare aos 36.852 que pagaram para apoiar o time contra Bahia e Fluminense.

— Todos são protagonistas das vitórias. Inclusive o torcedor — disse Milton.
Fonte: Extra Online
[dfads params=’groups=588′]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *