Jordi festeja nova oportunidade e lembrança para Seleção Olímpica

Em virtude da ausência de Martín Silva, que recebeu o terceiro cartão amarelo na partida contra o Avaí, no último sábado (02/07), a camisa 1 do Vasco da Gama será de Jordi pela 10ª vez na temporada. Cria da base cruzmaltina, o goleiro terá a missão de ajudar o Cruzmaltino a se manter na liderança do Campeonato Brasileiro. O Almirante possui 28 pontos, o mesmo número do Atlético Goianiense, mas leva vantagem nos critérios de desempate.
– Todo jogador está sujeito a uma suspensão. O Martín recebeu o terceiro cartão e eu terei a oportunidade atuar. Treino forte todos os dias para manter o trabalho que ele vem desenvolvendo quando está em campo. Não vejo como uma pressão, até porque joguei no ano passado num momento em que erros não eram permitidos. Nosso time está muito bem nesse ano. Peremos os dois últimos jogos, mas ainda seguimos na liderança. Vou procurar fazer o meu melhor para ajudar o Vasco a conquistar mais uma vitória – afirmou o jovem.

image
Jordi concedeu coletiva na Colina Histórica- Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O retrospecto de Jordi em 2016 é bastante positivo. Com o ele em campo, o Gigante da Colina obteve sete vitórias, um empate e apenas uma derrota. O desempenho na meta vascaína fez o arqueiro natural de Volta Redonda ser incluído por Rogério Micale na pré-lista de convocados para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Jordi não teve seu nome confirmado na competição, mas se engana quem pensa que isso o deixou abatido.

– Em primeiro lugar, gostaria de agradecer a Deus por ter sido incluído na pré-lista. Estar entre os 35 nomes é algo que muitos atletas queriam e eu tive essa honra. Isso foi importante para mim, pois valoriza ainda mais o trabalho que estou desenvolvendo aqui no Vasco. Sei que preciso melhorar algumas coisas, como a minha saída de bola,  mas essa lembrança mostra que estou sendo visto. Vou seguir trabalhando forte, pois tenho como objetivo lá frente chegar na Seleção Brasileira principal – declarou Jordi.

image
Jordi durante treino em São Januário- Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Pela primeira vez desde o início do Campeonato Brasileiro, o treinador Jorginho e sua comissão técnica terão uma semana inteira para realizar treinos visando o próximo adversário. Para Jordi, o período de preparação será essencial para a recuperação dos jogadores e fará com que o time chegue bem preparado para a partida contra o Brasil de Pelotas, no próximo sábado (09), às 16h30.

– A partir do momento que uma equipe faz uma sequência grande de jogos sem derrotas, o cansaço vem. O ritmo diminui, isso é normal, até porque somos seres humanos. O trabalho que o clube desenvolve de recuperação é excelente, mas estamos enfrentando uma grande maratona de jogos. Saímos do Campeonato Carioca e entramos na Copa do Brasil. Logo depois, começamos a jogar o Brasileiro. Estamos disputando duas partidas por semana, na maioria delas temos que viajar. Isso provoca um desgaste. Por tudo isso, essa semana tem sido muito importante. Estamos ajustando algumas coisas para seguirmos tendo uma trajetória de sucesso na temporada – concluiu o goleiro.

Texto: Carlos Gregório Júnior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *