Julio Brant confirma candidatura: ‘Temos um projeto de profissionalização profundo para o Vasco’

[dfads params=’groups=587′]

2017 é ano de eleição no Vasco e, nesta sexta-feira (16), Julio Brant, da chapa SEMPRE VASCO, confirmou que vai disputar novamente a presidência do Cruz-Maltino. Apoiado por Edmundo e outros grandes ídolos da história do Gigante da Colina, o candidato concedeu entrevista exclusiva ao Esporte Interativo e revelou os motivos da nova tentativa de chegar ao cargo máximo do clube.

“Nós temos um grupo forte hoje. Um grupo que está trabalhando para conseguir trazer a união, trazer os vascaínos todos para um projeto que a gente entende que é um projeto de profissionalização forte e profundo do Vasco”.

Neste ano, beneméritos e grandes beneméritos do Vasco, além de empresários e vários grupos de oposição, inclusive de Julio Brant, realizaram três reuniões no intuito de buscar a união achar apenas um candidato para disputar as eleições em novembro. Porém, até agora, não houve uma decisão. Além de Brant, Alexandre Campello e Otto de Carvalho também anunciaram que vão disputar a presidência. Mesmo assim, o candidato crê que, no futuro, aconteça a junção, contanto que haja “critérios objetivos de definição”.

“Acredito na união, acho que a união é possível, ela tem que ser feita com base em critérios muito objetivo de união. Respeito todos os grupos, cada grupo tem direito de querer lançar o candidato que acha mais viável, mas, em algum momento, tem que se ter critérios objetivos de definição de qual grupo vai encabeçar o projeto e quais são as bases dessa união em termos de projeto. Temos um projeto de profissionalização profundo para o Vasco e o troca-troca político fica em segundo plano. O que está de frente no nosso projeto é a meritocracia e a profissionalização. Se é respeitado o pilar da meritocracia e da profissionalização, a gente está disposto a conversar e se unir com qualquer grupo. Precisamos ter critérios objetivos para a união, pesquisa de opinião, que possa mostrar a possibilidade do nome A ou nome B ser o que mais atrai o sócio do Vasco da Gama, os critérios estabelecidos de comum acordo com todas as chapas e, obviamente, um compromisso programático entre as chapas para que se preserve o pilar da profissionalização e da meritocracia”.

Em 2014, Julio Brant disputou a presidência e acabou perdendo para Eurico Miranda. Porém, desde as últimas eleições, um nome forte está do lado do candidato. Edmundo faz parte do grupo SEMPRE VASCO. Além dele, outros ídolos como Felipe e Pedrinho, multi-campeões pelo Cruz-Maltino, também são adeptos ao projeto, e Brant discorreu sobre a importância de ter tais apoios.
[dfads params=’groups=588′]
​”Isso é um grande avalizador. Você ter nomes como do Edmundo, do Felipe e do Pedrinho no projeto, mostra que nós temos um projeto forte porque são pessoas que, além de famosas, são homens do futebol. São pessoas que criaram a sua história, a sua vida, o seu nome e sua reputação no futebol. Portanto, em um projeto ligado ao futebol, que não tenha consistência, eles não avalizariam. O Edmundo avalizar, com o nome que ele tem, e tudo que ele tem a perder, como a reputação dele, como ídolo e craque do futebol, se fosse um projeto que não tem consistência, é óbvio que ele não colocaria o nome dele. Isso chama a atenção porque é um projeto que o Edmundo não só acredita, mas como participa. Ele está muito à vontade. Ele participa das conversas sobre a gestão e ele lidera conversas sobre futebol. Ele lidera conversas sobre quais caminhos são os mais modernos para a gente poder trabalhar o futebol, para levar o Vasco a ser um clube vencedor de novo, de grande importância no cenário mundial do futebol. A gente entende que, com muita humildade, claro, e muito respeito a todas as demais chapas, a gente entende que para o futebol, para o esporte, nós temos algo diferenciado. Não é só na gestão, é no futebol e no esporte. É por isso que a gente quer levar esse projeto adiante porque a gente entende que esse é o melhor projeto para o Vasco e isso é o que vai fazer o Vasco dar a volta, dar a virada que o clube precisa”.
[dfads params=’groups=587′]
Para finalizar, Julio Brant revelou alguns dos métodos que está pensando para, caso assuma a presidência, colocar em prática no Vasco. O candidato também comentou sobre a campanha e frisou a importância de estruturar o projeto com a aproximação dos sócios do Vasco.

“Temos conversado com pessoas, empresas e clubes do Brasil inteiro para trazer o que a gente acha que é o melhor a partir de janeiro de 2018. Vamos ter um grande evento de lançamento de campanha, que é importante, mas é secundário. O mais importante é colocar o projeto de pé, com consistência, e trazer o máximo possível de torcedores e sócios para o nosso projeto para construir isso junto coma a gente”.

Fonte: Esporte Interativo
[dfads params=’groups=588′]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *