Vasco empata com a Chapecoense por 1 a 1 em São Januário

[dfads params=’groups=587′]

Por: Carlos Gregório Júnior

São Januário, Rio

Em sua última partida com portões fechados em São Januário, o Vasco da Gama apresentou um grande futebol e criou boas chances, em especial no primeiro tempo, mas não conseguiu somar mais três pontos no Campeonato Brasileiro. Na tarde deste sábado (30/09), Cruzmaltino empatou com a Chapecoense em 1 a 1.

Com o resultado obtido em casa, o Gigante da Colina chegou aos 33 pontos e se manteve na nona colocação da competição nacional. O próximo compromisso vascaíno será a partida contra o Avaí, no próximo dia 11 de outubro, às 21h45, na Ressacada, em Florianópolis.

O JOGO
image
Mateus Vital puxa jogada de ataque do Gigante- Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Sob os gritos de sua torcida, que marcou presença em grande número no lado de fora de São Januário, o Vasco partiu para cima da Chapecoense nos minutos iniciais do duelo. Logo aos dois minutos, Wellington recebeu de Nenê e serviu Yago Pikachu, que finalizou para grande defesa de Jandrei. Em seguida, Nenê cobrou escanteio, Breno desviou e Andrés Ríos mandou para fora. Outra boa investida vascaína ocorreu aos oito, quando Mateus Vital tabelou com Nenê e lançou Wellington. O camisa 7 acabou chutando para fora.
[dfads params=’groups=588′]
[dfads params=’groups=1322′]
Recuada, a Chapecoense só chegou pela primeira vez aos 24 minutos. Na ocasião, Jandrei lançou na direção da pequena área e encontrou Arthur, mas Martín Silva se antecipou ao atacante adversário e afastou o perigo. A sequência da jogada  terminou da melhor maneira possível para o Gigante da Colina. Wellington acionou Madson e o viu dar um passe açucarado para Andrés Ríos balançar as redes e inaugurar o marcador em São Januário: VASCO 1 x 0. A equipe de São Januário não mudou de postura após o gol.

image
Andrés Ríos toca na saída de Jandrei para abrir o placar

Aos 31, Madson escapou pela direita e cruzou na cabeça de Yago Pikachu, que testou para grande defesa de Jandrei. Logo depois, Mateus Vital lançou a bola para área e Jean, mesmo sem marcação, mandou para fora. A Chapecoense cresceu na reta final e desperdiçou boas oportunidades. Aos 35, o Vasco se enrolou na saída e a bola sobrou para Wellington Paulista. Mesmo com o gol aberto, o camisa 9 não balançou as redes. Três minutos depois, Arthur arrematou e Martín desviou para escanteio.

O início de segundo tempo foi bastante equilibrado, com boas investidas das duas equipes. Aos nove minutos, Nenê recebeu de Andrés Ríos e finalizou para fácil defesa de Jandrei. Logo na sequência, com 11, Nenê foi lançado por Yago Pikachu e tocou por cima do goleiro, na direção de Andrés Ríos. O argentino testou na direção da meta, porém Douglas Grolli, em cima da linha, evitou o segundo gol. A Chapecoense cresceu na partida e, após obrigar Martín a fazer duas excepcionais intervenções, chegou ao empate aos 19, com Reinaldo: Chapecoense 1 x 1.

image
Ramon é cercado por três marcadores da Chapecoense- Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O Cruzmaltino não se abalou, muito pelo contrário, se lançou ao ataque buscando recuperar a vantagem no marcador. Aos 21, Mateus Vital recebeu de Nenê e tocou de letra para Ramon, que pegou de primeira e viu Jandrei fazer uma espetacular defesa. Aos 28, em rápida jogada de contra-ataque, Penilla ficou no mano com Wellington, cortou para dentro e chutou em cima de Martín Silva. Nos minutos seguintes, o Vasco tentou de todas as formas chegar ao segundo gol, mas não conseguiu furar o bloqueio do adversário.
[dfads params=’groups=587′]

FICHA TÉCNICA:
VASCO DA GAMA 1 x 1 CHAPECOENSE
Campeonato Brasileiro- 27ª Rodada
Data/Horário: 30/09/2017, 16h00
Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO/FIFA)
Auxiliares: Bruno Raphael Pires (GO/CBF) e Leone Carvalho Rocha (GO/CBF)
Cartões amarelos: Jean, Breno e Thalles (Vasco da Gama)
Gols: Andrés Ríos, 25/1T (Vasco da Gama); Reinaldo, 19/2T (Chapecoense).
VASCO: Martín Silva, Madson (Manga), Breno, Anderson Martins e Ramon; Jean (Evander), Wellington, Yago Pikachu, Mateus Vital e Nenê; Andrés Ríos (Thalles). Treinador: Zé Ricardo.
CHAPECOENSE: Jandrei, Apodi, Douglas Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Moisés Ribeiro, Elicarlos (Dodô) e Lucas Mineiro; Arthur, Wellington Paulista (Tulio de Melo) e Alan Ruschel (Penilla). Treinador:Emerson Cris.

[dfads params=’groups=587′]
[dfads params=’groups=1322′]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *