Vasco falha na defesa e leva 5 a 2 do Corinthians em casa



Luta, poder de reação e falhas defensivas. Com esses ingredientes, o Vasco fez um jogo eletrizante, mas acabou derrotado por 5 a 2 pelo Corinthians, em São Januário. Foi a segunda derrota vascaína seguida, e o time caiu para 13º na tabela. Na próxima rodada o Vasco recebe o Sport, no sábado, às 19h.

A noite não começou nada bem para o Vasco. Logo no primeiro minuto, Kelvin caiu de mau jeito e sofreu uma entorse no joelho esquerdo. Enquanto o atacante ainda era atendido do lado de fora, o Corinthians não perdoou e abriu o placar. Após boa troca de passes, Guilherme Arana cruzou rasteiro e Marquinhos Gabriel apareceu livre no meio da área para chutar no ângulo direito.


O Vasco não pareceu ter sentido o gol. Manga Escobar, que substituiu Kelvin, entrou inspirado, imprimindo velocidade pelo lado esquerdo. Aos 19, ele soltou bomba de dentro da área e Cássio evitou o empate.

Com posse de bola e empilhando escanteios — foram dez só no primeiro tempo —, o Vasco parecia que empataria ainda antes do intervalo, mas uma desatenção da zaga foi fatal. Aos 38, Marquinhos Gabriel deu lindo passe para Jô nas costas de Paulão. O centroavante driblou Martín Silva e tocou com tranquilidade para fazer 2 a 0.

— O Corinthians é muito forte defensivamente. Vacilar contra time grande é fatal — disse Luis Fabiano enquanto a torcida se dividia entre gritos de ‘Vasco’ e ‘Nenê’.

Milton Mendes, que não acompanhou o jogo à beira do gramado por ter sido expulso na derrota para o Grêmio, atendeu aos pedidos e colocou Nenê no lugar de Gilberto.

E a estrela do meia não demorou para brilhar. Logo no primeiro minuto, Nenê recuperou bola pelo lado do campo e sofreu falta. Ele cobrou na área e Luis Fabiano se antecipou de cabeça para descontar.

No minuto seguinte, Henrique cruzou da esquerda e Luis Fabiano ganhou de novo pelo alto para empatar, enlouquecendo a torcida.

A virada parecia questão de tempo, mas aí foi a vez do Corinthians reagir. Em nova bola nas costas da zaga, Maycon tocou na saída de Martín Silva para recolocar os paulistas na frente. Clayton saiu do banco para, aos 38 e 46, ampliar a vitória do Corinthians.


VASCO 2 X 5 CORINTHIANS

Vasco: Martín Silva, Gilberto (Nenê), Breno, Paulão e Henrique; Jean (Muriqui), Douglas, Pikachu, Mateus Vital e Kelvin (Manga Escobar); Luis Fabiano.

Corinthians: Cássio, Paulo Roberto, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson (Giovanni Augusto), Marquinhos Gabriel (Clayton) e Clayson (Pedrinho); Jô.

Gols: 1T: Marquinhos Gabriel aos 3m e Jô aos 38m; 2T: Luis Fabiano a 1m e 2m, Maycon aos 13m e Clayton aos 38m e 46m.

Juiz: Wagner Reway (MT).

Cartões amarelos: Clayson, Pablo e Gabriel.

PUBLICIDADE

Público: 16.288 (15.517 pagantes).

Renda: R$ 561.905,00.

Local: São Januário.

Fonte: O globo

Comments

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *