Vasco quer manter Wellington e Breno, mas aguarda posicionamento do SP

[dfads params=’groups=587′]

  • Luciano Belford/AGIF

    Breno está na mira do Vasco, que aguarda a posição do São Paulo

    Breno está na mira do Vasco, que aguarda a posição do São Paulo

De olho em sua preparação para a Copa Libertadores, o Vasco tenta manter a base do time que disputou o Campeonato Brasileiro. Por isso, o clube quer entrar em acordo com o São Paulo para continuar com Breno e Wellington em seu elenco. A dupla foi emprestada pelo Tricolor paulista e tem vínculo com os cariocas só até o fim deste ano.
[dfads params=’groups=588′]
[dfads params=’groups=1322′]
Os dirigentes do clube cruzmaltino esperam que o São Paulo se manifeste nos próximos dias para abrir a negociação. Por contrato, os paulistas têm preferência para fechar um acordo com o zagueiro, por exemplo, e Dorival Júnior já demonstrou o seu desejo de contar com o defensor. Por outro lado, como a prioridade tricolor é reforçar outros setores, é possível que os cariocas não tenham dificuldade para acertar a permanência.

Breno era valorizado pelo departamento de futebol do São Paulo, mas teve poucas oportunidades no time treinado por Rogério Ceni. Em busca de mais espaço, ele pediu para ser emprestado e fechou com o Vasco. Pelo time do Rio de Janeiro, disputou 25 partidas e marcou um gol, virando até o capitão da equipe neste Campeonato Brasileiro.
[dfads params=’groups=587′]
[dfads params=’groups=1322′]
Wellington também estava insatisfeito com a sua situação no São Paulo – nem sequer chegou a ser relacionado para boa parte dos jogos da equipe no Estadual. Vinculado ao São Paulo até outubro de 2018, ele dificilmente terá espaço no Morumbi caso o time chegue a um acordo para renovar com Jucilei. Desta maneira, a tendência também é de o Tricolor não colocar muitas barreiras para fechar um acordo com os cariocas.

Promovido ao profissional em 2008, Wellington permaneceu no clube até 2014, com a Copa Sul-Americana de 2012 no currículo. Emprestado ao Internacional, ele ficou em Porto Alegre entre 2014 e 2015 – sendo até suspenso por causa de doping. No retorno ao São Paulo, sofreu com lesões e jogou apenas sete partidas.

Fonte: Uol.com
[dfads params=’groups=587′]
[dfads params=’groups=1322′]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *