Na disputa com o Vasco por vaga na libertadores, Flamengo tem julgamento de jogadores remarcado – Central do Vasco – Vasco da Gama – O GIGANTE DA COLINA

Na disputa com o Vasco por vaga na libertadores, Flamengo tem julgamento de jogadores remarcado



Embora tenha adiado o julgamento de Rhodolfo e Felipe Vizeu, denunciados por conta da troca de ofensas e agressões na vitória por 3 a 0 sobre o Corinthians, o STJD, a fim de não referir a isonomia do Campeonato Brasileiro, o remarcou para esta sexta-feira. A sessão da 5ª Comissão Disciplina tem início a partir das 14h.

O Flamengo pode entrar com efeito suspensivo ainda nesta sexta-feira após o julgamento.



Originalmente, o julgamento seria realizado nesta quarta-feira, mas o tribunal acatou pedido do Flamengo. O clube alegou que a dupla não poderia estar presente em função da viagem para a Colômbia, onde disputará a semifinal da Sul-Americana, contra o Junior Barranquilla, na próxima quinta-feira, às 22h30.

Vale destacar que os jogadores têm chegada de Barranquilla, onde enfrentam o Junior na quinta-feira, para sexta-feira, às 10h30 (horário de Brasília).



Depois de analisar as imagens, a procuradoria enquadrou Rhodolfo por dupla agressão no artigo 254-A, que fala em “praticar agressão física durante a partida”. A pena prevista é de quatro a 12 partidas. E também por “ameaçar o adversário” (artigo 243-C), que pode render multa de até R$ 100 mil e gancho de 30 a 120 dias.

Pelo gesto obsceno, Vizeu foi denunciado no artigo 243-F, que fala “ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto.” A punição, neste caso, prevê multa de R$ 100 a R$ 100 mil e suspensão de uma a seis partidas. Assim como Rhodolfo, foi denunciado também no artigo 254-A, por “praticar agressão”.

Se por acaso forem suspensos e por mais de um jogo, cumprirão contra o Vitória, neste domingo, e o que faltar na próxima competição nacional, seja ela Brasileiro ou Copa do Brasil.
Fonte: GloboEsporte.com


admin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo